Clique aqui para enviar um e-mail
Partido Nacional dos Trabalhadores

Filiado a http://cntm.org.br/portal/default.asp

 
.: O 1º de Maio - Festa de denúncias da tragédia do desemprego

sem imagem

O 1º de Maio, Dia do Trabalhador, foi vivido com mais uma grande preocupação por causa da aceleração do desemprego, que bateu novo recorde, atingindo 11 milhões de demitidos, além da instabilidade política e a grave crise econômica no País.

Esta situação foi o carro chefe nos discursos dos eventos realizados pelos sindicatos de metalúrgicos em Minas, que alertaram os trabalhadores para a necessidade de uma mobilização intensa para lutarmos contra ameaças aos direitos, sobretudo com matérias frequentes nos jornais com propostas de flexibilização da CLT, para atender pressão dos empresários, que querem aumentar sua margem de lucros.

Em OURO BRANCO, o Sindicato dos Metalúrgicos (Sindob) fez mais uma grande festa, que foi estendida também para os trabalhadores em Jeceaba. O evento, realizado pelo presidente Raimundo Nonato Roque de Carvalho (Raimundinho) já se tornou tradição, com sorteio de carro (Pálio Zero KM), de cheques, TV e muita diversão.

Também em SANTA RITA DO SAPUCAÍ, o Sindicato dos Metalúrgicos, dirigido pela companheiro Maria Rosângela Lopes, fez um grande evento, que começou com uma Missa do Trabalhador, no Santuário de Santa Rita de Cássia. Em seguida, o Sindicato promoveu a festa dos trabalhadores nas três cidades que compõem a base territorial da entidade.

Os metalúrgicos de ITABIRITO promoveram o 1º de Maio em parceria com o Sindicato dos Comerciários, também com grande presença de trabalhadores e sorteio de prêmios. O presidente dos metalúrgicos, Robson Paulino falo do grave momento vivido pelos trabalhadores, sendo “Itabirito um exemplo da tragédia da redução de empregos”.

 

festafesta

 

festafesta


          

Voltar

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF