Clique aqui para enviar um e-mail
Partido Nacional dos Trabalhadores

Filiado a http://cntm.org.br/portal/default.asp

 
.: Fiemg cozinha negociações em fogo brando e oferece reajuste medíocre

Patrões desconsideram pauta de reivindicações e querem arrochar salários
sem imagem

A direção da Fiemg procura desenrolar  em “banho-maria” suas propostas para a Convenção Coletiva de Trabalho 2014 para os metalúrgicos, com proposta ainda muito longe sequer da inflação acumulada. A instituição patronal nitidamente esperava acabar setembro e a divulgação do INPC anual.
Na reunião com as representações sindicais (FEMETAL, FEMCUT e FITMETAL) no último dia 20 de outubro, os patrões informaram a recusa do reajuste de 10%. Não propuseram nem mesmo o INPC anual acumulado de 6,59%. Apresentaram uma contraproposta irrisória para os trabalhadores:
• Reajuste de 4,5% em 1º de outubro em empresas com até 50 trabalhadores;
•Reajuste de 5% em 1º de outubro para empresas com mais de 50 trabalhadores.
Os patrões desconsideram ainda toda a pauta de reivindicações dos metalúrgicos em franco desrespeito ao direito dos trabalhadores.
As federações, FEMETAL, FEMCUT e FITMETAL, devem promover uma grande mobilização dos trabalhadores na porta de empresas nesta semana, para mostramos aos patrões que não aceitamos esta proposta que arrocha os salários, que não reapresenta nem índices para recuperar as perdas inflacionárias.
Alertamos a todos os trabalhadores e trabalhadoras metalúrgicos para aderirem ao grande movimento que iremos realizar.
A próxima reunião na Fiemg será dia 31 de outubro, mas vamos mostrar antes aos patrões nossa disposição de luta e de não arredar um milímetro nas justas reivindicações da categoria.


          

Voltar

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF